Olá pessoal

Último dia do mês e nesse mês li pouco, só 7 livros, mas tá bom demaisss, pq dentre esses 7 terminei A dança dos dragões que é enormeeee e muito muito bom.

Mas vamos falar do livro dessa semana do #52em52 e também do Leitura em Grupo - Mar de Rosas da Nora Roberts, o segundo livro do quarteto de noivas.

Estou achando essa série bem fraquinha, bem água com açúcar, mas entre os livros 1 e 2, gostei mais desse...já que é pra ser assim, que seja algo leve e romântico ao extremo...Emma é uma fofa (Mac do livro 1 era mais chatinha) e Jack um mulherengo que se rende aos encantos da mocinha, of course!

Não tem muito drama, nem muito nhê nhê nhê, só beijos, noites calientes, jantares espetaculosos e um rompimento que no final termina em casamento, yeyyy!
kkkkk

Mar de Rosas - Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. 
Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. 
Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. 
Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado. 


Bora terminar os outros dois que já comecei e que estou gostando (A queda do Guillermo Del Toro e Mães em guerra)

beijosssssss
Olá pessoal

Eis que terminei agorinha o livro Álbum de casamento que é o livro 1 do Quarteto de noivas da Nora Roberts, leitura para o projeto #52em52 e também a proposta de leitura de série lá do grupo do Facebook Leitura em Grupo.

Gostei da história de Mackenzie e Carter, não ameiiii o livro, mas gostei bastante, leitura fácil, fluida e uma boa pedida pra relaxar. Tá certo que a graça do livro é mocinho, lindo, desastrado, boa praça e um namorado que toda mulher queria ter, heheheh

Mackenzie é linda e com muito custo se joga no relacionamento, mas é mais complicada, tem uma relação estranha com a mãe, que nos faz pensar em como uma pessoa tão resolvida e independente em outras partes da sua vida, tem uma relação tão conturbada assim, mas admito que toda questão que envolve os pais na vida de alguém foge da regra em casos extremos.

Percebi nela uma personagem muito carente de amor e aceitação parental, algo que sempre a magoava e a esgotava emocionalmente...faltou uma base familiar concreta em sua infância, refletindo nela quando adulta.

Mas é lógico que temos finais felizes nos livros de Nora e no fritar dos ovos tudo dá certo, obaaa!
kkkkk

Álbum de Casamento - Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes. 


Bom, então é isso por hora!

beijosss
Olá pessoal

Esse mês as leituras foram mais devagar, falta uma semana para o mês terminar e li mto pouco, mas tá valendooo, sem cobranças!

O livro de hoje, Os delírios de consumo de Becky Blom é no tema chick-lit para o projeto Leitura Mágica...

Eu só tinha lido um outro livro da Sophie Kinsella, Fiquei com o seu número, que amei de paixão e me diverti muito...esse achei legalzinho, mas não curti muito como o outro, não sei se foi porque já tinha assistido o filme tempos atrás e a essência da história já estava na caixola...enfim...é uma leitura fácil e fluida, teria sido melhor se eu não tivesse visto o filme, mas agora já foi, kkkk

Quem nunca teve (ou ainda tem) momentos de Becky que atire a primeira pedra! Eu só sei que sofro desse mal (num grau mais ameno, graças a Deus) desde que comecei a trabalhar fora aos 14 anos, kkkk, no início eram sapatos e livros, depois, bolsas e livros....mais tarde materiais de scrap e livros...ou seja, cada fase com a sua compulsividade por algo. Hoje em dia estou mais controlada (será?) kkkkk

Agora vou ler alguns outros títulos que estão na espera e depois volto a ler essa série (ainda falta comprar 2 livros pra fechar a série toda). Mais pra frente dou notícias de Becky por aqui novamente.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom - Rebecca Bloom é uma jovem londrina com o péssimo hábito do consumismo compulsivo. Apesar de ser uma jornalista especializada em mercado financeiro, não consegue controlar as finanças pessoais. Endividada até a alma, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito. E ainda encontra tempo para se apaixonar. Um romance muito divertido que faz um retrato de muitas mulheres das grandes cidades. 


Bom, então é isso por hoje! Vou voltar para a Mackenzie e o Carter do Quarteto de noivas da Nora Roberts!

beijossss

<3

Olá pessoal

Esse mês estou lendo super pouco né? mas estou relax, sem me cobrar, afinal ler é um prazer, não pode se tornar uma obrigação...

Depois de A doçura da chuva fiquei meio de deprê, já estava lendo esse Resgatado pelo amor da Nora Roberts paralelamente, mas dp do Doçura esse empacou e olha que o livro é bom...mas realmente o Doçura foi tipo muito bom e a gente fica com essa sensação de vazio a ser preenchido dp que lemos um livro assim...

Enfim...Resgatado pelo amor conta a história de Seth, o menino da trilogia da gratidão e temos nesse livro um desfecho para toda a história...é legal ver os irmãos Quinn já pais, mais velhos e com a vida acertada e lógico torcemos muito para o Seth se acertar também.
A mocinha é legal, sem frescuras, muito pelo contrário, podre de rica e querendo viver uma vida normal, quase de pobre, kkk

Gostei bastante do livro e Indico!

Resgatado pelo Amor - Neste romance que dá continuidade à Trilogia da Gratidão, Seth Quinn, agora um homem-feito, terá que se defrontar com seu passado antes de se entregar à mulher que tanto ama. Resgatado Pelo Amor, de Nora Roberts, foi escrito a pedido de sua legião de fãs, encantada com a história da família Quinn narrada em Arrebatado Pelo Mar, Movido Pela Maré e Protegido pelo Porto. Publicada originalmente alguns anos depois da trilogia original, é uma obra independente que traz de volta a emoção da melhor e mais emocionante saga da autora.

Seth Quinn finalmente está em casa e foi uma longa jornada. Após uma infância terrível, em companhia da mãe viciada em álcool e drogas, ele foi acolhido pela família Quinn e cresceu com três irmãos mais velhos, que cuidaram dele com muito amor. Agora já adulto e voltando da Europa como um pintor consagrado, Seth pretende se estabelecer de vez na baía de Chesapeake, na costa de Maryland, junto de Cam, Ethan e Phillip, seus queridos irmãos, e também de suas cunhadas e sobrinhos, que tornam o clã dos Quinn uma saudável e abençoada confusão com destino à felicidade.

Seth está de volta à casa azul e branca onde há sempre um barco no cais, uma cadeira de balanço na varanda e um cão correndo pelo quintal. Só que muita coisa mudou na cidadezinha de Saint Christopher desde que ele foi embora. E, em Resgatado pelo Amor, de Nora Roberts, o segredo que Seth manteve escondido durante muitos anos ameaçará vir à tona para destruir não apenas sua nova vida, mas também seu novo amor.


Já comecei a ler outro, Os delírios de consumo de Becky Bloom e assim que terminar volto pra falar sobre ele.

bjsss
Olá pessoal

Acabei nesse instante um livro lindo lindo...amei demais, de uma sensibilidade e humanidade ímpar! SUPER INDICO! Favoritei e dei 5 stars no Skoob.

Nossa tem tantos livros lindos por aí né? esse foi mais uma indicação da Neli e ela tem acertado todas até agora, desde esses romances mais densos aos romances de época.

Me digam como não se apaixonar por um mocinho que tem um irmão com sindrome de down e foge com ele para o México qdo os pais morrem, só para não ver o irmão indo para uma instituição...e mais, Ben tinha só 16 anos e o irmão 10! Maravilhoso.

Como não morrer de amores por esse mocinho que qdo viu o irmãozinho especial no berço, qdo nasceu, prometeu sempre o proteger e cuidar dele? ahhh, é lindo demais....

E pra finalizar a paixão por esse ser, ele consegue comprar um Rancho e todos os seus empregados são especiais, de uma forma ou de outra. Ele se torna o pai desses seres únicos e dá a eles uma vida digna de trabalho e independência.

Pronto, não vou falar mais nada...LEIAM!!!

(Só pra não ser injusta a mocinha também é nota 10!) kkkk

 A Doçura da Chuva - Kara Whittenbrook tinha uma vida privilegiada. Filha de dois ambientalistas famosos, cresceu entre a selva amazónica e os melhores colégios da elite americana.Com a morte dos pais num acidente de aviação, torna-se herdeira, não só de uma enorme fortuna, mas também de um segredo que abalará por completo o seu mundo - o facto de ter sido adoptada. Decidida a encontrar os seus pais biológicos, Kara parte para a Flórida, onde conhecerá Ben Thocco, um rancheiro que vive rodeado de gente singular. Em pouco tempo, ela fará parte de um universo diferente, que lhe abrirá as portas de um amor inesperado e de amizades genuínas, e a ajudará a tomar as mais difíceis decisões...



Bom, então é isso, esse foi o livro lindo que me fez sair da deprê pós o A dança dos dragões!

beijosss

<3
Olá pessoal

Hoje venho com o chegou aqui de numero 70, uhulllll

Vou mostrar os livros que troquei com a Neli dias atrás, dessa vez foram 15, metade pra mim e metade pra Clarinha e 2 livros que ganhei no sorteio de aniversário do blog Recanto da Mi.


E aqui a minha fotinho com os livros que ganhei...

Bom, é isso por hoje pessoal!

beijossss
Vixeeeeeeee

Eu morro e não leio tudo, kkkk

Vamos ver mais uns livros que chegaram aqui...


* Questões do coração - Emily Griffin

* Desumano e Degradante
* Restos mortais
* Corpo de delito
(da Patricia Cornwell)

* Cobiça - Fallen Angels - J. R. Ward


É só por hoje!

beijosss
Olá pessoal

É com muitaaaaa alegria que venho fazer essa conversinha hoje, amooooo essa série As crônicas de gelo e fogo, mas tenho que confessar que seus livros enormesss às vezes dão um desanimo, hehehe

Fazia tempo que estava lendo esse, intercalando com outros, mas a leitura nunca rendia, de 20 em 20 páginas não ia terminar esse livro nunca, então terminado a maratona literária coloquei como meta terminar de lê-lo e ufaaa, consegui.

O que falar desse livro? Nossa tanta coisa aconteceu, coisas cruciais e terríveis, com Daeneys, meu querido Jon Snow, Arya Stark...enfim...muitas e muitas reviravoltas, intrigas e lógico, sempre o jogo de poder pelo trono. Mas o mais chocante (SPOILLER) foi a "suposta" morte do Jon, estou até agora indignada que ele foi esfaqueado pelos próprios corvos, os que eram para ser seus amigos e irmãos juramentados, simplesmente chocada aqui...e em urticárias lógico para saber o desdobramento desse lance todo, ai ai George você nos mata de ansiedade, heheheh

Amei ver Daenerys voando em Drogon, mas confesso que a achei muito volúvel e fraca como rainha lá na Baia dos Escravos, veremos também como será sua próxima jogada, curiosíssima aqui.

Enfim...agora posso assistir a quinta temporada da série e lógico me indignar mais um pouco com todas as coisas diferentes ao livro, kkkk

A Dança dos Dragões - O Norte jaz devastado e num completo vazio de poder. A Patrulha da Noite, abalada pelas perdas sofridas para lá da Muralha e com uma grande falta de homens, está nas mãos de Jon Snow, que tenta afirmar-se no comando tomando decisões difíceis respeitantes ao autoritário Rei Stannis, aos selvagens e aos próprios homens que comanda. Para lá da Muralha, a viagem de Bran prossegue. Mas outras viagens convergem para a Baía dos Escravos, onde as cidades dos escravagistas sangram e Daenerys Targaryen descobre que é bastante mais fácil conquistar uma cidade do que substituir de um dia para o outro todo um sistema político e econômico. Conseguirá ela enfrentar as intrigas e ódios que se avolumam enquanto os seus dragões crescem para se tornarem nas criaturas temíveis que um dia conquistarão os Sete Reinos?

Bom, então é isso por hoje!

beijos beijos

<3
OLá pessoal

Vamos ver mais alguns livros que chegaram aqui?

Segundo meu skoob tenho mais de 400, uhuuullll...e bem uns 300 ainda pra ler! aff maria!


* Indiscreta - Candance Camp

* Amigas para sempre - Kristin Hannah

* O pessegueiro - Sarah Addison Allen

* Dançando sobre cacos de vidro - Ka Hancock

* Por lugares incríveis - Jennifer Niven

* Verão no lado - Susan Wiggs


Legal né?

Depois venho mostrar os outros

beijossss

<3
Olá pessoal

Hoje terminei de ler o meu primeiro livro da Sandra Brown e não foi um dos seus romances policiais e sim esse livro romance/drama, pelo que sei o único nesse estilo que ela lançou.

Gostei do livro, mas não amei, vi muita gente comentando que tinha chorado muito e tals e eu não chorei nada (devo estar ficando mais durona, será?). Enfim, o livro é muito voltado para um período de crise nos Estados Unidos onde houve uma ajuda do Governo aos rancheiros e criadores de gado que com a grande seca teve seus rebanhos reduzidos, houve muita matança de animais e isso criou todo um apelo emocional nas pessoas, principalmente nos criadores. Gerou muita revolta nas pessoas famintas e flageladas da época pq era proibido aproveitar as carnes desses animais abatidos e tals.

Também retrata a época de grande preconceito e segregação dos negros por lá, aquele lance todo de lugares que negros podiam frequentar e os locais que somente os brancos podiam, uma época bem polêmica também.

O que eu mais gostei no livro foi o menino autista Sollys e o relato do quão pouco se sabia sobre o autismo naquela época, eles eram chamados de sábios idiotas e ninguém sabia como lidar e ou ajudar essas crianças. A personagem da mãe, Ella, foi fantástica e uma mulher a frente de seu tempo, sempre esperançosa de ver seu filho ultrapassar barreiras e ter uma vida relativamente normal.

Queria um pouco mais de romance no livro, mas o sentimento de David e Ella foi intenso, apesar de tão curto e traumático. Quem não quer um final feliz para os seus personagens literários que atire a primeira pedra! heheheh

Valeu a leitura, até porque é um livro de poucas páginas e que não me tomou muito tempo.

Como Água de Chuva - Uma história sobre o amor, o caráter e a compaixão, encenada nos Estados Unidos da época da Grande Depressão. A protagonista é Ella Barron, dona de uma pensão que vive para o trabalho e a criação de Solly, um garotinho fechado em um mundo próprio, que costuma despertar nas pessoa um misto de curiosidade e medo. A chegada de um novo hóspede abala as convicções de Ella, numa trama que trata, com delicadeza e a prosa contagiante de Sandra Brown, de temas como honra, sacrifício, amor e preconceito. 

Bom, é isso por hoje!

<3
Olá pessoal

Olha eu aqui com o primeiro livro de agosto e o 15º livro lido da Maratona Literária de Inverno, consegui cumprir a meta estipulada de 15 livros.

Escolhi Zafón, O palácio da meia-noite por ser também uma proposta lá do Leitura em Grupo e porque os outros dois que li dele gostei bastante, mesmo sendo juvenis, masss.....não gostei desse não!

Achei a trama fraca, personagens sem graças e tudo meio sem emoção, uma leitura meio estática do começo ao fim, sem nenhum "óoooó" no meio, rs...ou seja, não me diverti lendo, foi um livro que passou sem deixar nenhuma impressão. Uma pena!

Porém não vou desistir do autor, sei que o outro que tenho aqui, Luzes de Setembro, é bom, pois Clarinha leu e gostou e as meninas do grupo também leram e falaram que é o melhor dos três da série da névoa. Mas vou dar um tempinho para depois lê-lo, agora quero ler um livro lindo (ainda vou escolher qual, kkk).

O Palácio da Meia-noite - Ben e Sheere são irmãos gêmeos cujos caminhos se separaram logo após o nascimento: ele passou a infância num orfanato, enquanto ela seguiu uma vida errante junto à avó, Aryami Bosé. Os dois se reencontram quando estão prestes a completar 16 anos. 

Junto com o grupo Chowbar Society, formado por Ben e outros seis órfãos e que se reúnem no Palácio da Meia-Noite, Ben e Sheere embarcam numa arriscada investigação para solucionar o mistério de sua trágica história.

Uma idosa lhes fala do passado: um terrível acidente numa estação ferroviária, um pássaro de fogo e a maldição que ameaça destruí-los. Os meninos acabam chegando até as ruínas da velha estação ferroviária de Jheeters Gate, onde enfrentam o temível pássaro.

Cada um deles será marcado pela maior aventura de sua vida. Publicado originalmente em 1994, O Palácio da Meia-Noite segundo romance do fenômeno espanhol Carlos Ruiz Zafón traz uma narrativa repleta de fantasia e mistério sobre coragem e amizade. 


Bom...então é isso!

beijosss