Voltei!

Terminei esse livro maravilhoso!
Estou até com dificuldades de falar sobre ele, porque ainda não consegui defini-lo em uma palavra, cativante talvez, não sei direito.
É um livro denso, do jeito que eu gosto, mas não é choroso, é bem real e nos faz a todo instante avaliarmos o que é o "ser humano"!
Fiquei revoltada em várias partes, principalmente quanto à reprogramação dos jovens alemães nas tais escolas Hitleristas e também no grande roubo do patrimônio da humanidade, a quantidade de obras de artes saqueadas pelos alemães!
Gostei de como a trama dos personagens foi desenvolvida, gostei dos capítulos curtos e alternados entre os vários anos que se passou a história.

Agora os personagens são fantásticos, reais e tipo pessoas comuns que deram o melhor de si em uma época difícil e cruel...que não deixaram a bondade ir mesmo com todos os obstáculos e perdas pessoais.
Marie-Laure é um exemplo de vida do começo ao fim.
Werner a prova de que nem todos concordavam com as ações alemãs, mas que de uma forma ou de outra se viram envolvidos com os atos mais abomináveis possíveis.
Enfim...todos os personagens são maravilhosos!

LEIA!!! PLEASE, LEIA!

Toda Luz Que Não Podemos Ver - Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.



Bom, é isso por hoje! Agora vou tentar terminar um mom-lit que comecei antes de pegar uma nova remessa, rs

beijosss
Olá pessoal

Esse é o livro que li para a semana 38 do projeto #52em52. Um livro fofo que ainda não foi lançado aqui no Brasil, então li uma tradução mesmo.

É uma historia bonitinha e a leitura flui muito bem, não tem nada de extraordinário, mas é gostosinha de ler. Final totalmente previsível.

Se você quer relaxar e se distrair caia dentro que vale perder umas horinhas lendo-o!

Where One Goes - O que acontece quando a coisa que arruína sua vida acaba sendo a que te salva? 

Eu nunca fui de acreditar em espíritos - até que seis anos atrás um acidente arrepiante mudou minha vida... para sempre.

Meu nome é Charlotte, mas a maioria das pessoas me chamam de Char… e eu tenho um dom especial. 

Eu converso com os mortos. 

Não se confunda, não posso chamá-los. Só consigo conversar com os espíritos que estão perambulando incapazes de fazer a travessia. Eles de alguma maneira estão presos no mundo com algum assunto inacabado. E por seis anos, eu usei bastante meu dom para ajudar suas almas perdidas. 

Mas tudo vem com um preço. Minha vida é de escuridão. Me sentindo deprimida, comecei a querer desistir. E ajudando com a morte, percebi que não me permitir viver. Sem dinheiro, sem lugar para viver e o mais importante... sem esperança, decidi que só tenho uma opção - acabar com tudo. 

Entretanto o destino é engraçado. Um minuto, estou a ponto de pular para a morte, e no minuto seguinte, sou salva por Ike McDermott. O soldado forte e surpreendente me impediu de colocar um fim no meu desespero. Ele é o tipo de cara que quando sorri ilumina todo o ambiente. 

Doce e gentil. 

Ele é o meu salvador. 

E ele está morto. 

Nós fizemos um acordo. Ele irá me ajudar a arrumar um lugar para ficar e um novo emprego e eu irei ajudá-lo com seus negócios inacabados para que ele possa fazer a travessia. 

O assunto inacabado de Ike envolve seu irmão gêmeo, George. George está desmoronando desde a morte de Ike e Ike não consegue passar para o outro lado em paz até que saiba que George ficará bem. 

Quando eu concordei em ajudar, pouco sabia que eu me apaixonaria pelas charmosas pessoas de Bath County, e… por Ike e George McDermott. 

Agora, enquanto seu irmão tem metade do meu coração, estou de frente com uma situação cruel e nada justa. Salvando George, eu devo deixar Ike ir. 

Entretanto como que alguém abre mão de metade do seu coração?


Bom, é isso por hoje!

beijosss

:)
Boa tarde pessoal

Bora ver mais uns livros que chegou aqui há tempos e que não tinha mostrado ainda...


Teve uma feirinha de livros aqui na cidade há uns 2 meses e óbviooo que eu fui lá né? hehehe

Esses foram os que garimpei...

* A mansão dos segredos - Candance Camp

* Dolores - Jacqueline Susan

* A terra de Deus - Taylor Caldwell

* Tentações - Nora Roberts

* A villa - Nora Roberts

* Jóias raras - Nora Roberts


Bem, é isso por hoje!

beijosss
Olá pessoal

Hoje enquanto esperava o Matheus na fonoaudióloga terminei o 3º livro da trilogia da escuridão e posso afinar que gostei bastante dos livros e do desfecho a história. Amei a explicação de como surgiram os vampiros e a presença dos "seres celestiais" no final.

É lógico que algumas vidas foram sacrificadas pelo bem maior e eu fiquei triste com essas mortes, mas a gente já sabe que essas coisas acontecem mesmo né? hehehe (ainda é menos traumático que as mortes do George R. R, Martin)!!!

Fiquei com peninha do Ephrain em relação ao filho "reprogramado" Zack e nesse livro foi triste ver a sua decadência, o tanto que ele se perdeu tentando reencontrar o filho. Mas....

Enfim, se você curte vampiros e vampiros do mal, leia!

Noite Eterna - O aguardado desfecho da Trilogia da Escuridão do premiado cineasta Guillermo Del Toro em parceria com Chuck Hogan, chega às mãos dos leitores em Noite Eterna. Dois anos após o início da epidemia de vampiros que se alastrou pelo globo, os dias têm apenas duas horas de sol e a humanidade encontra-se à beira da aniquilação. A única esperança de resistência contra o exército do Mestre, o vampiro ancestral, é o grupo liderado por Eph Goodweather. Mas as evidências de que há um traidor entre eles pode pôr em risco o destino da raça humana. Traduzida em mais de 20 países, a série renova as tradicionais histórias de vampiros e surpreende pela originalidade.


Então é isso, até mais!

bjsss
Olá pessoal

Terminei agorinha o livro da Sophie Kinsella - Lembra de mim?. Eu gostei, achei um livro leve e fluido, despretensioso, pode não ser um dos melhores dela, mas é bem gostosinho de ler. Não tem personagens chatas e realmente gosto de como a história se desenrola, de como Lexi retoma a sua vida mesmo não recobrando as memórias e faz algo de bom numa situação ruim.

Enfim...se vc quiser ler algo leve, pra relaxar, vá em frente!

Lembra de mim? - Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.


Bom, então é isso, bora terminar os outros que já estou lendo!

bjssss
Bora mostrar o tantão de livros que chegou aqui e eu com preguiça de fotografar fui deixando acumular, heheheh


* Lembra de mim? - Sophie Kinsella

* Sex and the City - Candance Bushnell

* O irresistível café de cupcakes - Mary Simses

* Cilada - Harlan Coben

* Lembre-se de mim - Sharon Sala

* O castelo das sombras - Candance Camp

* A casa das máscaras - Candance Camp


Bom, é isso por hoje!

bjssss
Hello!!!

***Esse chegou aqui está no rascunho há meses coitado, era para ser o de número 63 e eu simplesmente esqueci dele, heheheh...Tem livro aí que até já li (A teoria de tudo) mas vamos lá.***

Eis que estou de volta com mais alguns livros...livro aqui chega quase todo dia, duro tá sendo achar mais tempo para ler essa pilha enorme e que só aumenta!


* Tango Negro - Régine Deforges (R$5,00 e o livro está novinhoooo)

* A menina que não sabia ler - John Harding (esse eu já li, mas havia trocado meu exemplar, como ganhei de presente o livro 2, resolvi adquirir o 1 novamente e guardá-los juntinhos) - troca

* A cidade do sol - Khaled Hosseini (outro que também já li, mas tinha trocado, porém me arrependi, pois esse livro é espetacular) - troca também

* As mentiras de Locke Lamora - Scott Lynch (troca)

* A teoria de tudo - Jane Hawking (troca no skoob)


Enfim...é isso por hoje!!

bjsss
Ok Ok

Vamos lá!

Esse livro foi uma proposta do Leitura em Grupo lá do Facebook e eu não prestei atenção na sinopse e nem na classificação do livro e comecei a ler...depois de umas 100 páginas queria pegar um pedaço de pau e dar na minha cabeça pois o livro é Juvenillll (nãooooooooo)!

Vocês sabem que odeio livros juvenis e new adults, né?

Bom....massss a historia em si até que era interessante e fui lendo aos poucos, até mesmo porque pensei que Clarinha poderia gostar, e se fosse bom, indicaria a ela.

Eu, nos meus quase 39 anos odieiiii (e com força), mas não porque o livro seja ruim, pois não é, somente porque não curto mesmo essa linguagem mais light desses livros. Mas se fosse Clarinha a ler, ela teria gostado, de repente nem tanto do final (mas como ela não gosta de finais tradicionais, de repente iria gostar sim) hehehe

Pra não falar que não gostei de nada, gostei dos personagens Carlson e do irmão da mocinha, o Scott, dois fofos! E também da nova Sam, a que surgiu depois da amnésia, sem a influência da amiga consumista e problemática.

Confesso que não descobri o assassino, porém achei o motivo ridículo, uma pessoa totalmente sem conceitos e valores, realmente um crápula.
Não posso falar mais sobre senão darei altos spoillers.

Para uma pessoa adulta, não indico.
Para um adolescente, indico!

Não Olhe Para Trás - Samantha é uma jovem de 17 anos rica e popular que, depois de passar quatro dias desaparecida, retorna ferida e desmemoriada. A nova Samantha não se reconhece no retrato de menina má e mimada que todos à sua volta começam a pintar. E logo descobrirá que foi a última a ver Cassie, a garota com quem mantinha uma relação confusa de amizade e rivalidade e que desapareceu no mesmo dia que ela. O que aconteceu na noite fatídica em que as duas sumiram? E por que Samantha foi a única a reaparecer? Não olhe para trás é um daqueles suspenses que só paramos de ler para tentar nos antecipar à autora e descobrir qual é o mistério.


É isso por hoje! Logo volto.

bjss e bom final de semana  a quem passar por aqui

:)
Olá pessoal

Voltei com mais um livro lido...e tenho que dizer que ele é LINDOOOOO

Já tinha lido A casa das orquídeas da Lucinda Rilley ano passado, mas gostei muito mais desse, hehehe
Amo o jeito que ela escreve, intercalando passado e presente e se tem alguma guerra envolvida melhor ainda, amo livros que retratam períodos de guerra.

Eu só achei que poderia ter sido explicado o porquê de Valerie, mãe de Emily, ser tão ausente e distante na vida da filha e também contado um pouco de como seus pais se conheceram...Seu pai era espetacular e fez parte da história o tempo todo...fiquei curiosa para saber do romance deles, mas o livro cumpriu com o prometido, afinal a protagonista era Emily né?

Fiquei até as 3h30 da madruga lendo e não podia deixar poucas páginas para o dia seguinte, o desfecho da história estava muito bom para deixar pra ler depois, heheh

Enfim, é isso. Indico!

A Luz Através da Janela - Conhecer seu passado é a chave para libertar seu futuro.

A Segunda Guerra Mundial na França, durante a Ocupação (1940-1944), deixou muitos destroços e segredos familiares, principalmente na família de Emilie, os De la Martinières: quando sua mãe faleceu, deixando para ela (como única herdeira do nome e dos bens da família - entre outras coisas) o legado do Château de la Martinères em Gassin, no Sul da França, Emilie fica devastada e quer vender tudo para que possa voltar à sua rotina comum de veterinária. 
Entretanto, o misterioso Sebastian Carruthers aparece em sua vida para ajudá-la a cuidar de toda a documentação e a consola nos momentos mais difíceis. Emilie se apaixona pela sua gentileza e decide se casar com ele. Assim, ela se muda para a casa do marido, Blackmoor Hall, em Yorkshire (UK). 
Contudo, a vida que ela, ingenuamente, pensa estar começando bem, trará a ela muitas surpresas e revelações -- do presente e de um passado desconhecido que, ao ser desvendado, modificará a história pessoal de toda uma geração -- carregando com os ventos da mudança, nova esperança de vida e amor...


Bora continuar lendo os outros 3 que já comecei, heheh

bjsss
Olá pessoal

No Rio está acontecendo a Bienal e dessa vez nos animamos a ir, eu já tinha ido na Bienal SP há muitos anos atrás e lembro que voltei pra casa carregada de livros e dessa vez não foi diferente...

Porém chegar lá foi uma experiencia meio traumática, primeiro que temos que ir de Araruama e não é tão pertinho assim, umas 2h30 de viagem, mas primeiro Marcelo foi visitar a mãe na Ilha do Governador e rumamos para lá só depois do almoço, pegamos um transito dos infernos pra chegar lá, a pista em obras, um fluxo anormal de carros por conta do evento e um estacionamento que não comporta essa multidão, ficamos umas 2hrs numa avenida lá próximo parados e mais 1 hora só pra entrar no estacionamento, enfim, um stress só...Confesso que eu já estava para desistir, mas maridão revoltado disse que nem se fosse 21h30 ele entraria lá, porque era um absurdo isso, kkk

Enfim...entramos na Bienal pra mais de 18h e lá dentro tudo estava lindo e perfeito...stands maravilhosos, muitos livros em ofertas por R$5,00 - R$9,00 e R$10,00, comprei alguns (baseada na minha impressão em cima da sinopse, hehehe).

O stand mais lindo sem dúvida era o da Novo Conceito, tirei duas fotinhos lá na entrada...


O stand da Intrinseca também estava muito bonito, um dos banners laterais do stand era do livro Toda luz que não podemos ver, que estou lendo no momento e amando...assim tive que tirar uma fotinho, pena q essa "senhora" não desconfiou e estragou a minha foto, afff

Clarinha parecia uma louca alucinada pegando todos os livros que via pela frente, logo no primeiro stand que entramos, no da Record pegou uns 5 livros, kkkk, no stand da Novo Século compramos o livro Cartas para você e aí está Clara com a autora e o livro autografado.

Eu também aproveitei e peguei alguns autógrafos, mas sem fila gente, estou velha para essas coisas, essa correria insana para pegar senha, depois fila quilométrica para pegar o autógrafo, tenho paciencia e nem pique para essas coisas mais não, heheh

Assim comprei o livro Não Pare da fofíssima e super carismática Fml Peper, gentemmm que simpatia de pessoa, amei conhecê-la!

Outra autora super meiga e que já tinham me recomendado seus livros que encontrei dando sopa por lá foi a Babi A. Sette (livros Entre o amor e o silêncio e A promessa da Rosa), muito educada e super meiga.

Como cheguei muito tarde não deu para encontrar azamigas, snif snif...mas ainda consegui tirar uma fotinho com a Denise Lima lá do grupo Leitura em Grupo do Facebook, outra super fofa e simpática.

Sei que a família toda curtiu muito a Bienal e até Matheus saiu de lá feliz com seus gibis e marcadores, hehehe, fotinho pra registrar sua ida à Bienal!

Maridão pirouuuuu quando viu esse tabuleiro de xadrez com personagens da Marvel...realmente é um espetáculo!

Bom...foi cansativo, não consegui ver tudo o que queria, inclusive os vários cenários fantásticos que sei que tinha espalhado por lá, mas voltei pra casa feliz com os meus 15 livros...kkkk (ao todo compramos 23 livros lá)!

Então é isso!!! Agora é descansar porque voltei morta com farofa! kkkk

beijosss

<3
Olá pessoal

Voltei rapidinho...é porque terminei de ler A queda, livro 2 da trilogia da escuridão de Guillermo Del Toro e Chuck Hogan...

Bom, lá em 2011 eu comprei e li Noturno, amei o livro, odiei o final e fiquei revoltadíssima porque o livro terminou como terminou...lá em 2011 eu não era tão antenada nas notícias/blogs e afins que giram em torno do nosso mundinho literário e portanto não sabia que teria continuação, kkk

Fiquei feliz depois de um tempo ao descobrir que a história tinha sequencia e que aquele não era o final final, heheh, mas esqueci e não li essa sequencia.

Ano passado foi lançado o seriado The Strain e mariduxo e eu começamos a ver, grata surpresa foi descobrir que o seriado é baseado nos livros, uhulll, amo isso.
Vimos a primeira temporada e agora começou a segunda (já tem uns dias) e eu como boa leitora que sou, corri a ler o livro 2 antes de ver a segunda temporada, yay!

O livro é muito bom, envolvente e a gente quer muito que tenha um final feliz para a humanidade, mas of course, isso não acontece e o mundo vira um pandemônio, o Mestre por hora consegue os seus intentos e inclusive (spoiller) mata os outros 6 vampiros originais.

Agora é correr pra ler o terceiro e último livro e ver como tudo termina!

Bye bye Setrakian!

A Queda, Segundo volume da Trilogia da Escuridão, dá continuidade à terrível epidemia de vampiros imaginada pelo premiado cineasta Guillermo Del Toro em Noturno. Escrita em parceria com o autor de thrillers Chuck Hogan - apontado por Stephen King como um dos dez melhores escritores de suspense da atualidade -, a série, traduzida em 20 países, narra uma invasão de vampiros em Nova York provocada por um vírus capaz de causar uma pandemia em escala mundial. Fascinado por histórias de vampiros e universos fantásticos, Del Toro atualiza o tema com uma narrativa realista e aterradora e uma abordagem de investigação científica semelhante à de séries de sucesso como CSI.

Em A queda, o vírus disseminado a partir de um avião vindo de Berlim segue se alastrando por Nova York e transformando pessoas comuns em perigosas criaturas sedentas por sangue. Enquanto tenta combater a epidemia, o doutor Ephraim Goodweather se depara com uma nova e ainda mais assustadora ameaça: uma guerra entre os vampiros do novo e do velho mundo. Com a ajuda de Abraham Setrakian, ex-professor em Budapeste e sobrevivente dos campos de extermínio nazistas, e de Vassily Fet, do Serviço de Controle de Peste, o médico precisa agir antes que a espécie humana seja exterminada, em mais uma obra épica e vertiginosa que supera em muito as histórias de vampiro tradicionais.


Bom, é isso por enquanto!

beijosss