Olá pessoal

Estou lendo 4 livros ao mesmo tempo, então por isso estou meio sumida, mas vamos lá, terminei de ler mais esse romance de banca (combinei uma troca e preciso ler antes de enviar) e olha, eu sempre falo que são histórias bem clichês e tals, mas esse eu até que gostei bastante, a história me prendeu e me fez lê-lo em duas sentadas...na primeira vez que o peguei li mais de 100 págs e na segunda vez o finalizei.

Achei a história mais picante que o normal e gostei bastante da mocinha, apesar de querer bater nela em um certo ponto do livro, o que não é raridade, mulher quando coloca uma coisa na cabeça ninguém tira e ela foi bem teimosa e tola...massss, como sempre final felizes para sempre! rsrsr

Bora agora terminar os outros 3 antes de iniciar outras leiturinhas.


INGLATERRA, SÉCULO XI

O coração sente o que os olhos não podem ver...

Filho ilegítimo de um nobre normando, Robert Beaumont tomou-se um dos mais implacáveis guerreiros da Inglaterra. Em reconhecimento por seus serviços à nação, o rei o presenteia com uma propriedade, sob uma condição: que ele se case com a irmã do homem a quem o rei deve favores... Uma jovem que poucos homens concordariam de bom grado em tomar por esposa...

Há anos Imogen Colebrook vive isolada, nas terras frias e ermas do norte da Inglaterra, prisioneira do irmão, um homem sádico e cruel, responsável por sua deficiência... e por prometê-la em casamento a um homem perigoso. No entanto, ao conhecer Imogen, o temido cavaleiro fica deslumbrado por sua rara beleza e pela coragem daquela jovem, condenada a viver num mundo de trevas. Decidido a livrar sua noiva dos tormentos do passado, Robert precisa lutar contra o inimigo poderoso que ameaça destruir a frágil felicidade de ambos, e a conduzir o coração de Imogen pelo caminho da luz e do amor...

beijoss e até logo!

<3
Olá pessoal

Eis que saiu meu segundo vídeo literário e dessa vez até que consegui colocar uns efeitos nele, aos poucos vou aprendendo e melhorando essa parte de editoração de vídeos.

Assim sendo de vez em quando teremos o #Chegou Aqui e outras vezes teremos o #Book Haul, onde mostrarei todos os livros que chegam aqui.

Espero que assistam e gostem!


Me visite no canal do youtube e dê seu like!

beijosss

<3
Olá pessoal

Hoje terminei mais um romancinho de banca, daqueles bem clichês mesmo, rs (afinal não são todos)?!

Não tem muito o que falar desses livros, então fica aqui só o registro de leitura!

Londres, 1776



Atraída para a toca do lobo.



Para provar sua argúcia, o agente do serviço secreto britânico Ethan Gray, conhecido como o Lobo, quer desmascarar o traidor que está enviando carregamentos de armas para os rebeldes insurretos na América. A cada passo, porém, sua linha de ação é embargada por uma mulher misteriosa, que Ethan só consegue reconhecer pelo perfume deliciosamente inebriante que impregna o ar em qualquer lugar por onde ela passe. Maris Winter passou a vida admirando Ethan Gray, o homem corajoso e atraente que um dia arriscou a própria vida para salvar a de seu pai. Mas quando ela é designada para trabalhar em uma missão ao lado de Ethan, ele se transforma de herói em rival... Pois é crucial que Maris proteja justamente o homem que Ethan está perseguindo, mesmo que isso signifique trair seu novo parceiro e sua pátria. Logo, porém, Maris se vê forçada a decidir entre a lealdade ao passado ou ao homem que roubou seu coração.

Bom, é isso por hoje!

bjsss
Bom dia pessoal

Quase 4h da madruga e eu terminei a leitura desse livro super curto do Jean-Paul Didierlaurent...

Pra começar a conversinha sobre ele, quero deixar claro que foi uma leitura despretensiosa e o li com a mente aberta, porque sei que autores franceses não são muito convencionais, pelo menos os que li até hoje foram assim, rs.  Bom, gostei da leitura, é rápida e de uma temática única "livros", o personagem trabalha numa usina que recicla livros para a impressão de novos e mantém um relacionamento estranho com o seu trabalho, pois o abomina veementemente.

O personagem que fica na guarita da usina, Yvon, é um escritor e fanático por peças teatrais e todos os seus diálogos são nesse formato, ele é um dos dois amigos de Guylain. Realmente um homem peculiar.

Giuseppe é o antigo operador da máquina trituradora e perdeu as pernas em um acidente nela, desde então está em uma busca por todos os exemplares que foram impressos a partir da prensagem do dia de seu acidente, pois acredita que parte de suas pernas estão vivas nesses livros...e Guylain tem um papel a desempenhar nessa busca e história.

Guylain, óbvio, é o leitor do trem, onde todos os dias lê páginas que salva da máquina quando faz a limpeza dela diariamente, ele as chama de pele e as lê aleatoriamente. Isso porém muda no dia em que encontra um pendrive no trem, que coincidentemente contém escritos de uma escritora amadora.

Até aí eu gostei bastante do livro, em várias partes ele me trouxe um sorriso nos lábios, depois da introdução da personagem de Julie, achei um pouco mais maçante, não por preconceito, mas achei tão desnecessário os relatos de uma pessoa que trabalha na limpeza de banheiros e narra tudo o que acontece ali, inclusive as suas assimilações de sons, odores, o que cada passante por ali faz nas cabines e etc. Achei meio repugnante essas descrições, de repente por ser uma pessoa de estômago fraco, kkkk

Pra finalizar, o livro teve um final feliz, onde os personagens se conhecem e ....

O livro serviu a seu propósito, porém poderia ter sido uma leitura mais proveitosa.

Um romance sensível sobre o poder dos livros e da literatura.

Operário discreto de uma usina que destrói encalhe de livros, Guylain Vignolles é um solteiro na casa dos trinta anos que leva uma vida monótona e solitária. Todos os dias, esse amante das palavras salva algumas páginas dos dentes de metal da ameaçadora máquina que opera.
A cada trajeto até o trabalho, ele lê no trem das 6h27 os trechos que escaparam do triturador na véspera. Um dia, Guylain encontra textos de um misterioso desconhecido que vão fazê-lo buscar cores diferentes para seu mundo e escrever uma nova história para sua vida.
Com delicadeza e comicidade, Didierlaurent revela um universo singular, pleno de amor e poesia, em que os personagens mais banais são seres extraordinários e a literatura remedia a monotonia cotidiana.

Bom, bora pro próximo!

beijosss
Olá pessoal

Pensei que tinha postado aqui sobre o Desafio do Grupo O vendedor de Livros, mas não, então lá vai a relação...

Deixando claro que não tenho a pretensão de participar de todos os temas, visto que tem alguns que não curto ou não me interessam, mas na medida do possível vou lendo e interagindo com o pessoal do grupo, que é bem bacana.

DESAFIO LITERARIO 2016 – GRUPO O VENDEDOR DE LIVROS

* JANEIRO
- Um Livro com Números no Titulo – O leitor do trem das 6h27 – Jean-Paul Didierlaurent
- Um Livro de Contos
* FEVEREIRO
- Um Livro não Ficção 
- Um Ganhador do Prêmio Politzer
* MARÇO
- Um Livro Baseado em uma Historia Real
- Um Livro Lançado há mais de 100 Anos
* ABRIL
- Um Livro Escolhido pela capa
- Um Livro Ambientado Cujo Lugar Você Sempre quis Conhecer
* MAIO
- Um Livro que lhe remete à infância
- Um Livro com um nome de Cor no Titulo
* JUNHO
- Uma Grafic Novel 
- Uma Peça
* JULHO
- Um livro de memórias sobre uma personalidade política
- Um livro de poesia
* AGOSTO
- Um livro com animal na capa
- Um livro citado em um filme
* SETEMBRO
- Um livro escrito por uma celebridade
- Um livro de auto-ajuda
* OUTUBRO
- Um livro escrito por um autor que nasceu no mesmo estado que você
- Um Livro Lançado no Ano que Você Nasceu
* NOVEMBRO
- Um Livro Escrito por Alguém com Menos de 30
- Um livro escrito por um autor com a inicial do seu primeiro nome
* DEZEMBRO
- Um livro que tenha sido adaptado para o cinema no decorrer de 2016
- Um Livro com Ambientação Natalina


bjssss
Olá pessoal

Bora ver mais uns lindinhos que chegaram por aqui já há algum tempinho?


* O segredo do meu marido - Liane Moriarty

* A mulher silenciosa - A. S. A. Harrison

* Querida Sue - Jessica Brockmole

* Sem deixar rastros - Harlan Coben

* Na ilha - Tracey Garvis Graves

* O constante correr das horas - Justin Go

* Depois de Auschwitz - Eva Schloss

* O homem que venceu Auschwitz - D. Avey e R. Broomby


E vamos arrumar mais tempo pessoal, porque livros aqui nessa casa é o que não falta!

beijosss
Olá pessoal

Voltei para mais uma conversinha e preciso dizer que estou aqui desidratada, emocionada, extasiada e meio sem chão após terminar esse livro simplesmente perfeito da Kristin Hannah - O rouxinol!!!

Para começar você não sabe quem está narrando a história até ler o último capítulo! Já xonei nisso, porque fiquei ligada o livro todo tentando identificar quem era o narrador (lógico que só podia ser uma de duas pessoas, mas que não vou contar para não dar spoiller).

Segundo que percebi um amadurecimento na construção dos personagens em relação aos outros dois livros que já li da Hannah (Jardim de inverno e Até você voltar), nesses eles são tão mais reais, tão mais próximos da gente, como se fosse minha irmã ou minha vizinha de verdade! Realmente "espetacular".

Quem acompanha minhas conversinhas sabe que gosto muito dessa temática, que vira e mexe um desses livros me arrebata, como A menina que roubava livros me pegou em 2014, Toda luz que não podemos ver ano passado e lógico estamos só na primeira quinzena de 2016 mas posso afirmar categoricamente que esse é um dos meus livros favoritos da vida

Me senti vivendo todas as atrocidades da guerra, me vi envolvida nas tramas dos resistentes e na vida dessas duas irmãs fora do comum. Amo me surpreender com as personagens, essas duas me conquistaram para valer....Tão diferentes entre si, tão cheias de traumas, porém tão fortes, apaixonadas, cheias de bons valores e conceitos e acima de tudo, corajosas ao extremo quando o assunto era proteger a família e seus ideais. Sei que é ficção, mas tenho certeza, é fato comprovado pela história, que realmente existiram pessoas assim nos períodos de guerra - períodos negros na historia da humanidade - e essas duas mesmo achando que suas formas de ajudar era insignificante, fizeram a diferença na vida de várias pessoas.

Eu sei, estou falando demais, quando a minha promessa é ser sucinta sempre, então LEIA ESSE LIVRO, pleaseeee, ele é maravilhoso!!!

Favoritei!!!!

“Neste épico passado na França da Segunda Guerra, duas irmãs se afastam por discordarem sobre a ameaça de ocupação nazista. Com temperamentos e princípios divergentes, cada uma delas precisa encontrar o próprio caminho e enfrentar questões morais e escolhas de vida ou morte.” - Christina Baker Kline, autora de O trem dos órfãos França, 1939: No pequeno vilarejo de Carriveau, Vianne Mauriac se despede do marido, que ruma para o fronte. Ela não acredita que os nazistas invadirão o país, mas logo chegam hordas de soldados em marcha, caravanas de caminhões e tanques, aviões que escurecem os céus e despejam bombas sobre inocentes. Quando o país é tomado, um oficial das tropas de Hitler requisita a casa de Vianne, e ela e a filha são forçadas a conviver com o inimigo ou perder tudo. De repente, todos os seus movimentos passam a ser vigiados e Vianne é obrigada a fazer escolhas impossíveis, uma após a outra, e colaborar com os invasores para manter sua família viva. Isabelle, irmã de Vianne, é uma garota contestadora que leva a vida com o furor e a paixão típicos da juventude. Enquanto milhares de parisienses fogem dos terrores da guerra, ela se apaixona por um guerrilheiro e decide se juntar à Resistência, arriscando a vida para salvar os outros e libertar seu país.

Bora pegar uma nova remessa de livros, visto que entre ontem e hoje terminei os 3 que vinha lendo...tem 2 aqui começados e na geladeira (deixarei eles lá mais um cadinho) porque até agora, esse ano, só peguei livros bons pra ler! Que continue assim...

Beijosss
Olá pessoal

Olha eu de volta com mais um livro lido e de uma temática que eu gosto muito, guerra, Holocausto...Sei que é um tema sofrido, cheio de agruras e muita muita maldade, mas gosto de ler e pensar na fragilidade da vida, no fanatismo das pessoas, ignorância, preconceitos e etc e tal, tudo o que leva o ser humano a cometer atos tão desprezíveis como os que vemos em tempos de guerra, zonas de guerra e afins.

Essa biografia de Leon Leyson é dramática óbvio visto tudo o que ele viveu, sendo um dos sobreviventes da Segunda Guerra Mundial, mas é uma leitura fluida e leve à sua maneira, eu diria até que conseguiram contar uma história inimaginável em termos de sofrimento de uma forma despretensiosa, visando abranger um público mais jovem, eu acredito.

Me fez querer conhecer esse homem que não se moldou aos acontecimentos de sua vida nesse período de sua vida e sim fez a sua vida a partir disso, deixando tudo para trás e construindo algo de bom. A sabedoria demonstrada, o apreciar dos pequenos prazeres da vida...tudo isso me leva a pensar que ele deve ter sido um ser extraordinário.

Temos que falar também de Oskar Schindler um nazista nada convencional e ortodoxo que ficou conhecido mundialmente por ter salvo a vida de aproximadamente 1200 judeus. Um grande herói ao meu ver.

Enfim...gostei do livro e indico!

Misto de biografia e romance de formação, O menino da lista de Schindler acompanha a trajetória de Leon Leyson, o mais jovem integrante e um dos últimos sobreviventes da famosa lista de judeus salvos pelo empresário alemão Oskar Schindler durante a Segunda Guerra Mundial. Intenso como O diário de Anne Frank, o livro chega ao Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores depois de alcançar a prestigiosa lista dos mais vendidos do jornal The New York Times, e oferece uma perspectiva única do Holocausto. Um relato emocionante, corajoso e humano que precisa ser contado às novas gerações.

Bom, é isso pessoal 4h13 da madruga, vou capotar!

**ah, com ele participo do #DesafioEsquecidosNaEstandoRDM!!!! do mês de janeiro, livro com seu gênero favorito (drama)

beijosss
Olá pessoal

Voltei com mais um livro super fofo lido. Definitivamente eu amo a Lisa Keyplas....

Amo seus personagens fora do convencional, como ela constrói as tramas e desenrola a história e adoroooo como ela sempre faz o casamento dos personagens no meio do livro ou um pouco a frente, nos dando uma visão da vida de casados e sempre tem um algo a mais que acontece para apimentar o livro.

Seriamente falando eu queria um Simon Hunt pra mim, homem determinado e destemido, que vai atrás do que quer e consegue. Nada está fora do seu alcance. Me apaixonei por ele! rsrs

Annabele é meio lá, meio cá...mas com personalidade forte também e que acaba se descobrindo após o casamento.

Enfim...gostei muito do livro e quero ler o restante da série para ontem! kkkk


Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.

Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.

No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz. 

As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.

No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.


Bom, lembrando que com esse livro participo dos projetos e desafios: Leitura Inesquecível 2016 e #52em52.

beijossss
Olá pessoal

É tão bom quando pegamos um livro e o devoramos, não é mesmo??? Esses romances de época da Lisa Keyplas são todos assim, apaixonantes!

Esse "again the magic" é o livro que antecede o Segredos de uma noite de verão, seria tipo o 0,5 e lógico, eu que tenho TOC, precisava lê-lo antes, kkkk

Impossível não se apaixonar e suspirar por McKenna, lindo, maravilhoso, legal e tudo mais de bom que pode-se falar de um mocinho. ( O que eu mais gosto nos livros da Lisa é que ela foge do convencional para a época, McKenna era um criado na casa de Aline e mesmo assim se apaixonaram e tiveram um final feliz)!

Aline é uma querida também, sofreu por esse amor praticamente impossível e se arriscou a ter um pouco dele quando parecia não ser possível ser feliz ao lado do amado.

Enfim, delicinha de ler! Recomendo a você que gosta do gênero!

Lady Aline Marsden foi criada com um finalidade:  fazer um casamento vantajoso com um membro de sua própria classe. Em vez disso, ela voluntariamente deu sua inocência para John McKenna, um servo na propriedade de seu pai. Sua transgressão apaixonada era imperdoável - John foi mandado embora, e Aline foi deixada para viver no campo ... uma exilada da sociedade de Londres ... e ele tomou o seu amor.

Agora McKenna fez sua fortuna nos Estados Unidos e ele voltou à Inglaterra - com mais ousadia, mais bonito e mais fascinante do que antes. Seu plano cruel é a vingar-se da mulher que quebrou seus sonhos de amor. Mas a magia entre eles queima tão brilhante como sempre. E agora ele deve decidir se deixa a vingança tomar seu pedágio ... ou arriscar tudo com o seu primeiro e único amor.


Bom, é isso por hoje!

bjsss

<3
Vamos ver alguns dos livros que chegaram aqui ano passado e que ainda não tinha mostrado?


- Boa noite estranho - Jennifer Weiner ( não tenho certeza, mas acho que esse estava na pilha de livros que recebi da Neli)

- O leopardo - Jo Nesbo

- Inveja, Fascinio e Desejo da J. R. Ward

- Sem perdão - Ruth Rendell


Bom, então é isso por hoje!

beijosss
Olá pessoal

Li um livro contemporâneo da Teresa Medeiros e achei bem fofinho, sabe aqueles livros cute cute? com personagens normais e super reais e um final feliz?
Então, esse é desses...ótimo para relaxar e ser feliz....em clima de verão, clima de férias!

Já tinha lido alguns romances de época dessa autora e gostado, quando vi esse, e ainda mais que ele é curtinho, 200 páginas, resolvi arriscar e não me arrependi.

Os personagens tem suas conversas pelo Twitter, se cumprimentam e perguntam como estão vestidos a cada novo contato e as respostas são roupas de personagens de filmes famosos...as despedidas deles também tem personagens de seriados e seus diálogos são cheios de livros, filmes e músicas! Uma delícia!

O Twitter é uma festa que nunca termina onde todo mundo fala ao mesmo tempo e ninguém diz nada...
Abigail Donovan é uma escritora de sucesso. Ela quase ganhou o prêmio Pulitzer e até foi elogiada no programa da Oprah. Então, por que ela passa os dias e noites escondida no chiquérrimo condomínio onde mora, na companhia de seus dois gatos, sem conseguir escrever?
Quando o seu editor a obriga a entrar no mundo das redes sociais para expandir seus horizontes, Abby imagina que vai ser obrigada a conversar com adolescentes que teclam escondido do porão de casa. Mas ela acaba conhecendo Mark Baynard, um professor britânico sexy, bem-humorado e inteligente que está viajando pelo mundo em busca de aventura. Abby tenta resistir ao seu charme, enquanto Mark começa a quebrar a resistência dela aos pouquinhos... Inclusive a resistência a se comunicar por meio de mensagens curtas. 
Agora que Abby voltou a escrever e a viver , ela descobre que Mark guarda um segredo que poderá mudar para sempre a vida dos dois.


Com ele participo dos projetos Leitura Inesquecível, 52em52 e Desafio para a vida (animais na capa).

Bom, então é isso por hoje!

beijoss
hehehehe, sim, outro desafio, mas esse não tem data para acabar, por isso dei o nome de Desafio para a vida...vi em alguns grupos literários do facebook e achei legal, mas sei com toda certeza que não conseguiria cumprir isso dentro de um ano, ainda mais já estando em outros projetos, então dei um nome diferente para ele e a data para acabar é enquanto eu viver, hahahahaha

Vamos ver os títulos?

1. Um livro baseado em um conto de fadas
2. Um livro ganhador de algum prêmio 
3. Um YA best-seller
4. Um livro que é ambientado na Europa
5. Um livro com menos de 150 páginas
6. Um Best Seller do New York Times
7. Um livro que vai ter a sua adaptação literária lançada em 2016
8. Um livro recomendado por alguém que você acabou de conhecer
9. Um livro de auto-ajuda
10. Um livro escrito por uma celebridade
11. Um livro de memórias sobre uma personalidade política
12. Um livro com mais de 600 páginas
13. Um livro do Clube de Leitura da Oprah
14. Um livro de Ficção Científica
15. Um livro em que o personagem tem a mesma profissão que você tem/quer ter
16. Um livro que se passa no verão/férias
17. Um livro e a sua prequela
18. Um livro sobre um mistério de assassinato
19. Um livro escrito por um comediante
20. Uma distopia
21. Um livro com capa azul
22. Um livro de poesia
23. O primeiro livro que você se interessar /sem ler a sinopse/ quando entrar na livraria
24. Um clássico do século 20
25. Um livro sobre uma cultura muito distante da sua
26. Uma sátira
27. Um livro que se passa em uma ilha
28. Um livro que você tem certeza que vai ter deixar feliz /que você vai gostar
29. Um livro com um verbo no título
30. Um livro com um nome de uma pessoa na capa
31. Um livro com a capa preta
32. Um livro de Fantasia
33. Um livro de Drama
34. Um livro escrito por um homem
35. Um livro que já foi considerado “modinha”
36. Um livro com animal na capa
37. Um livro de Ação
38. Um livro do The Rory Gilmore Book Challenge 
39. Um livro de Terror
40. Um livro que tem um rosto humano na capa
41. Um livro de Suspense Policial
42. Um livro nacional
43. Um livro recomendado por um famoso
44. Um livro com continuação
45. Um livro com um Serial Killer
46. Um livro com Mitologia
47. Um livro citado em um filme

48. Um livro que tem uma das 4 Estações no titulo - Verão no lago - Livro 1 - Diários do Lago - Susan Wiggs (lido em 03/01/2016) 
Olá pessoal

Ano passado eu tentei acompanhar o desafio das capas lançada pela Mirelle do blog Recanto da Mi e deu fail, não consegui completar. Esse ano ela lançou outro desafio e eu achei super legal e vou tentar mais uma vez, rs


1. JANEIRO: Leia um livro do seu gênero literário favorito.

2. FEVEREIRO:  Leia um livro que saia da sua zona de conforto, de um estilo que você não costuma ler.

3. MARÇO: Leia um livro que você comprou por causa da capa.

4. ABRIL: Leia um livro que faça parte de uma série ou trilogia.

5. MAIO:  Leia um livro que já foi adaptado para o cinema ou para a TV.

6. JUNHO: Leia um livro que todos os seus amigos leram menos você.

7. JULHO: É férias, temos mais tempo livre, então leia um livro de mais de 400 páginas.

8. AGOSTO: Leia um livro que tenha apenas uma palavra no título.

9. SETEMBRO: Leia um livro nacional.

10. OUTUBRO: Leia um livro que tenha uma criança como personagem.

11. NOVEMBRO: Leia um livro que foi lançado em 2015.

12. DEZEMBRO: E chegamos ao fim de mais um ano. Portanto, deixo a cargo para você escolher ler o livro mais encalhado da sua estante!

A priori é um desafio fácil de cumprir e vou tentar casar com os outros projetos e desafios que já estou! Vamos ver se esse ano consigo concluir!

beijosss
Olá pessoal

Comecei o ano bem, dia 01 iniciei minha primeira leitura e hoje (agora são 3 da madruga) acabei de terminá-lo, e posso dizer que foi um bom livro...

Com esse livro participo dos projetos 52em52, Leitura Inesquecivel e Desafio sem data (que depois postarei aqui no blog em outro post)

Leitura gostosa, fluida, personagens cativantes, boa trama intercalando passado e presente (gosto disso), um local paradisíaco e lógico um bom romance para apimentar tudo.

Primeira vez que leio um livro da Susan Wiggs e posso dizer que gostei e com certeza é uma série que irei terminar, pois me prendeu, rendeu umas lagriminhas em algumas partes, acho que é bem estilo Janet Daley, mas uma delícia de ler.  Li 416 páginas com muito prazer!

Olívia é a típica menina rica que não se encaixa nos padrões, é cobrada demais pela mãe e totalmente perdida até ir para a faculdade, se sentir livre e resolver dar uma guinada na vida, mas mesmo assim ficou com o pé atrás no assunto relacionamentos, visto que se sente uma fracassada no setor, após 3 noivados rompidos.

Connor é o oposto, filho de pais pobres, vida difícil e sem carinho, pai alcoólatra, mãe desmiolada, se destaca em competições, na escola e luta para vencer e ser alguém na vida.

Pois é, ambos formam par no livro e mostram que para o amor não existe barreiras e nem preconceitos, basta se entregar!

É possível superar a magia do primeiro amor? 
Olivia Bellamy é uma das mais talentosas decoradoras de Manhattan. Agora, sua avó quer contratá-la para restaurar um lugar muito importante na história da família: o acampamento Kioga.
Olivia sabe que terá muito trabalho pela frente, e precisará contratar um empreiteiro para realizar a grande reforma. Porém, o único profissional disponível é Connor Davis, o menino que roubou seu coração em um dos verões no Kioga. Tendo como cenário um acampamento rodeado pelas montanhas Catskills, Verão no lago é o primeiro livro da coleção Diários do Lago, uma saga sobre os Bellamy, uma família cujo passado precisa ser superado para que juntos possam encontrar a felicidade. Ao utilizar ingredientes como amores perdidos, lembranças da infância, intrigas e redenção, Susan Wiggs cria uma narrativa que, tal qual o lago, espelha a paisagem e a alma de seus personagens a cada página e a cada linha.

Bom, dei sorte com a minha escolha de livro dessa vez, tomara que continue assim no decorrer desses outros 300 e tantos dias, rs

beijoss
Olá pessoal

Bora começar os trabalhos literários de 2016?

Eu sei que prometi ser mais light esse ano e não entrar em muitos projetos e desafios, mas esse eu amei e é de uma amiga virtual super querida, a Nice Sestari, lá do blog Ipsis Litteris, então resolvi embarcar na viagem junto com outras amoras queridas também!


Como Nice disse é um projeto e não um desafio, temos que ler por prazer e não por obrigação, irei conciliar esse projeto com outros sempre que possivel, mas esse ano serão só os 3 mesmos, Leitura Inesquecível, 52em52 e esse! E vamos que vamos....

Uma explicação de como será o projeto:

Como vai acontecer?
O participante irá ler 1 livro ou mais e escolherá qual tipo de viagem literária gostaria de fazer. Cada bimestre será um continente. Há 3 tipos de viagem: Mochileiro, Classe Econômica e Primeira Classe. O leitor/passageiro poderá escolher uma ou mais formas de viagem.

Iremos indicar alguns livros e países para ajudar na viagem, mas fique livre para ler o que mais lhe agradar.

Qual o roteiro da viagem?

JANEIRO/FEVEREIRO: Oceania
MARÇO/ABRIL: Ásia
MAIO/JUNHO: África
JULHO/AGOSTO: Europa
SETEMBRO/OUTUBRO: América do Sul
NOVEMBRO/DEZEMBRO: América Central e América do Norte

Como participar?
a) Entre no grupo do Projeto no Facebook, aqui;
b) Verifique o roteiro;
c) Escolha a forma de viajar (nada o impede de escolher mais de uma modalidade);
d) Dentro da modalidade escolha o autor(a) ou a história que tenha a ver com o continente/país do bimestre;
e) Ao final da leitura deixe seu parecer e foto do livro, contando sua aventura no grupo do Facebook (SEM SPOILER!). Não esqueça de colocar a hashtag #ProjetoTemQueLerMesmo 
 

Senhores passageiros, o 1° semestre já está aguardando o embarque:

Janeiro/Fevereiro: Oceania
Mochileiro: livro a escolha (dentro do continente determinado)
Classe Econômica: livro que virou filme (dentro do continente determinado)
Primeira Classe: Clássico (dentro do continente determinado)

Março/Abril: Ásia
Mochileiro: livro a escolha (dentro do continente determinado)
Classe Econômica: romance (dentro do continente determinado)
Primeira Classe: Clássico (dentro do continente determinado)

Maio/Junho: África
Mochileiro: livro a escolha (dentro do continente determinado)
Classe Econômica: mitologia (dentro do continente determinado)
Primeira Classe: Clássico (dentro do continente determinado)

Julho/Agosto: Europa
Mochileiro: livro a escolha (dentro do continente determinado)
Classe Econômica: Rei/Rainha - Nobreza (dentro do continente determinado)
Primeira Classe: Clássico (dentro do continente determinado)

Setembro/Outubro: América Latina  
Mochileiro: livro a escolha (dentro do continente determinado)
Classe Econômica:Inicial do seu nome Livro ou autor  (dentro do continente determinado)
Primeira Classe: Clássico (dentro do continente determinado)

Novembro/Dezembro: América Central e América do Norte
Mochileiro: livro a escolha (dentro do continente determinado)
Classe Econômica:escrito por uma mulher  (dentro do continente determinado)
Primeira Classe: Clássico (dentro do continente determinado)
O Projeto "Tem que ler mesmo?" é um PROJETO, não um desafio. A viagem deve ser prazerosa, vocês podem participar de todos os bimestres ou só de alguns. Aqui as releituras também estão liberadas! Nossa viagem é para expandir novos horizontes culturais e o prazer da leitura. 


Bom, então é isso, já escolhi os meus livros da Oceania, já estavam nos meus desejados e o projeto veio apressar a leitura, são eles Eu sou o mensageiro de Markus Zusak e também o As memórias do livro da Geraldine Brooks!

beijosss

<3