Olá pessoas

Já está no canal no youtube o vídeo com as minhas impressões de leitura desse livraço do Ray Bradbury, um clássico da distopia. Bom demais...

Te espero por lá!


Olá pessoal

Já está no canal o vídeo sobre o livro de julho da Tag - Experiencias literárias (foi meu primeiro mês da assinatura). A edição do livro está maravilhosa, em comemoração aos 2 anos da Tag.

Vem espiar as minhas impressões sobre a leitura!


Olá pessoal

Hoje trago uma conversinha sobre a HQ Pílulas azuis do autor Frederik Peters, mais uma vez uma autobiografia.

Nessa HQ o autor nos conta sobre seu relacionamento com Cati, portadora do vírus HIV e toda a trajetória desse relacionamento, desde quando se conheceram até os dias atuais, depois de quase 20 anos de casamento. Traz fatos esclarecedores sobre a doença e os cuidados que portadores do vírus devem ter, bem como a normalidade da vida deles desde que se faça o tratamento correto.

Achei uma boa forma de abordagem sobre um tema pouco explorado e mais legal ainda como o autor nos mostra a possibilidade do amor, acima de todas as barreiras e preconceitos.

Vale a pena ler!


Nesta narrativa gráfica pessoal e de rara pureza, por meio de um roteiro simples e de temas universais (o amor, a morte), Frederik Peeters conta sobre seu encontro e sua história com Cati, envolvendo o vírus ignóbil que entra em cena e muda tudo, e todas as emoções contraditórias que ele tem de aprender a gerenciar: amor, raiva, compaixão. Pílulas azuis nos permite acompanhar, sem nenhum vestígio de sentimentalismo, através de um prisma raramente (senão nunca) abordado, o cotidiano de uma relação cingida pelo HIV, sem deixar de lançar algumas verdades duras e surpreendentes sobre o assunto. Apesar da seriedade do tema, Pílulas azuis é uma obra cheia de leveza e humor. Não é à toa que é considerada por muitos a obra-prima de Frederik Peeters. Uma das mais belas histórias de amor já publicadas.

Bom, é isso! Espero que tenham gostado e voltem sempre!

bjsss
Olá pessoal

Hoje vim falar um pouquinho sobre o livro À sombra da figueira da autora Vaddey Ratner.
Livro auto-biográfico que nos mostra uma cultura adversa à nossa, pois se passa no Camboja e mais ainda, em um período super turbulento politicamente falando.

Raami (a narradora do livro, que é a nossa autora) vê sua vida de princesa virada ao avesso com o surgimento da revolução Camboja Democrático, onde todos são despidos de seus bens e suas identidades, Seu pai, um príncipe, descendente da família real é o primeiro a se sacrificar pela família.

Serão 4 anos de privações e sofrimentos indizíveis que ela e sua mãe enfrentam, muitas perdas pelo caminho e uma luz no final, quando o Vietnã declara guerra ao Camboja e coloca um fim à revolução.

Eu confesso que esperava mais do livro, queria ter me emocionado mais, foi triste, com situações inimagináveis e desumanas, mas mesmo a narrativa sendo feita por uma criança não conseguiu me arrebatar totalmente e me fazer chorar aqueles rios de lágrimas que geralmente choro nesse tipo de drama. Mas foi um bom livro e fica aí uma recomendação!


Para a menina Raami, de sete anos de idade, o fim abrupto e trágico da infância começa com os passos de seu pai voltando para casa na madrugada, trazendo detalhes da guerra civil que invadiu as ruas de Phnom Pehn, a capital do Camboja. Logo o mundo privilegiado da família real é misturado ao caos da revolução e ao êxodus forçado. Nos quatro anos seguintes, enquanto o Khmer Rouge tenta tirar da população qualquer traço de sua identidade individual, Raami se apega aos únicos vestígios de sua infância — lendas míticas e poemas contados a ela pelo seu pai. Em um clima de violência sistemática em que a lembrança é uma doença e a justificativa para execução sumária, Raami luta pela sua sobrevivência improvável. Apoiada no dom extraordinário da autora pela linguagem, Sombras da Figueira é uma história brilhantemente intricada sobre a resiliência humana.

Finalista do Prêmio PEN Hemingway este livro vai levá-lo às profundezas do desespero e mostrar horrores abomináveis. Vai revelar uma cultura maravilhosamente rica, lutando para sobreviver através de pequenos gestos,. Vai fazer com que jamais sejam esquecidas as atrocidades cometidas pelo regime Khmer Rouge. Vai lhe encher de esperança e confirmar o poder que há ao se contar uma história de nos elevar e nos ajudar não somente a sobreviver, mas à transcendência do sofrimento, da crueldade e da perda.


Bom, é isso por hoje.

Beijosss

<3
Oieeee


Olha eu aqui outra vez, dessa vez para contar que tem vídeo novo lá no canal, a pedida da vez foi um livro histórico - sobre a Princesa Izabel - da historiadora Mary Del Priore. O conteúdo está bem legal e mesmo depois de tanto tempo do Império ainda vemos muitas semelhanças com a nossa política atual...

Vem espiar!


Olá pessoal

Esses dias li um livro muito muito bom de ficção científica, Realidades adaptadas do autor Philip K. Dick e já upei o vídeo lá no canal, onde falo um pouquinho sobre.

Vem espiar!


Olá pessoal

Até que o mês foi bem produtivo, total de 10 livros + 1 abandono + 1 HQ.
Está tudo relacionado e explicadinho no vídeo lá no nosso canal no youtube
Vem espiar!


Olá pessoal

Já foi ao ar no canal do youtube o vídeo com os livros que chegaram aqui no mês de julho...tem muita coisa bacana e também temos uma participação especial, do meu filho Matheus de 8 anos, hehehe

Está imperdível!!!


Olá pessoal

Semana passada terminei o livro As virgens suicidas do autor Jeffrey Eugenides, esse livro está naquela "pequena" lista do Rory Gilmore Book Challenge, então esse foi meu 25º livro para esse desafio. (falta mta coisaaaa, são mais de 340).

Enfim, também foi uma escolha dos inscritos no meu canal do youtube para que eu fizesse a resenha em vídeo, e esse já foi postado por lá, é só conferirem!